Como fazer um livro

Diz um velho adágio popular que todo homem para cumprir sua missão na terra deve fazer 3 coisas: plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro.

São três projetos totalmente diferentes e cada um deles exige um tipo de comprometimento, contudo podemos dizer que para os dois primeiros existe uma conexão, todos sabem como fazer para plantar uma árvore e para ter um filho, são ações simples, porém requerem um comprometimento para o resto da vida, cuidar da árvore e do filho com esmero e dedicação para que ambos cresçam e floresçam.

Mas e o livro, é mais fácil ou mais complexo que plantar uma árvore ou ter um filho? Acredito que só quem já fez as 3 coisas pode responder esta pergunta com segurança.

Para escrever um livro é preciso primeiro ter uma ideia, uma história para ser desenvolvida, uma tese para ser defendida, algo para ser ensinado ou compartilhado com as outras pessoas. E só existe uma forma de escrever um livro…é sentar e começar. Assim como a vida se vive um dia de cada vez, um livro se faz uma página de cada vez, um capitulo após o outro. Escrever um livro é um projeto grande e ambicioso, e existe público para todos os projetos, desde que sejam bem feitos, portanto se você tem uma ideia ou o desejo de escrever um livro, comece.

No computador ou manuscrito, inicie fazendo um esboço do projeto do seu livro, o que você gostaria de comunicar para as pessoas que o irão ler. Faça pesquisas para conhecer um pouco mais sobre o tema, para ter mais argumentos e segurança ao escrever sobre assuntos ou lugares diferentes, mas não se perca nas pesquisas, pois elas podem se tornar intermináveis e acabar se transformando num entrave para o seu projeto. O mesmo vale para a opinião das outras pessoas, escreva seu livro e se precisar de opinião peça a profissionais de preferência que não lhe conheça, assim ele vai lhe dar uma opinião real e profissional, o que também não significa que seja a melhor.

Talvez um dos maiores segredos dos escritores de sucesso é saber reescrever. Então não poupe a si mesmo, escreva e reescreva quantas vezes forem necessárias até você se sentir satisfeito com os resultados, e para finalizar um livro não pode sob hipótese nenhuma, ter erros de português ou concordância, portanto uma revisão profissional é essencial. Depois é só procurar uma editora comercial ou uma prestadora de serviços, e disponibilizar seu livro para o apreço do público.

Mas nunca esqueça, o caminho mais longo começa com o primeiro passo! Dê o seu…

Você gostou deste post?

Leia também: