Como fazer maquetes

As maquetes são uma forma de arte muito específica, em que é construída a representação de uma estrutura grande em pequena escala. Existem vários tipos de maquetes, mas as mais comuns são as maquetes de prédios, estádios de futebol, conjuntos de edifícios e de áreas urbanas, onde são representados todos os elementos dessa área, com ruas, calçadas, prédios, árvores, lagos e tudo o mais que houver, respeitando as respectivas proporções.

Na escola os alunos aprendem a fazer maquetes com materiais mais rudimentares, para projetos escolares, porém os grandes projetos de construção e urbanísticos usam as maquetes sofisticadas para representar a realidade futura, ou seja, para dar uma ideia real do futuro projeto. Além de serem muito utilizados no planejamento urbano e em outros projetos da construção civil, os museus também usam as maquetes para representar antigos prédios históricos em suas exposições.

A construção de uma maquete é uma atividade muito interessante, que requer habilidade e muita criatividade para construir uma réplica de alguma estrutura numa escala menor, e esse é o grande segredo da perfeição das maquetes, o respeito a escala, em todos os itens que compõe a maquete. Atualmente existem muitos materiais disponíveis que servem para a construção de maquetes, entre eles destacamos as chapas de isopor, papelão, EVA, MDF, Eucatex, folhas de papel com espessuras e texturas diferentes que servem para os mais diversos fins, além de diversas caixas e ambalagens vazias que podem servir para o seu projeto, e muitos outros materiais usados no dia a dia, como palitos, areia, cordões, recortes, etc., além de tinta guache e pincel.

É sempre importante começar com um projeto simples e desenhar ele no papel, a partir daí definir o que você usará como base, e então começar a montar sua maquete. Por exemplo, a maquete de uma rua da sua cidade você deve desenhar os prédios, escolher uma base que pode ser uma chapa de MDF e iniciar a estruturar sua maquete,os prédios, as ruas, as arvores, definindo os espaços e construindo e colando os prédios. Dependendo do tamanho da maquete, pequenos carrinhos podem ser usados nas ruas, e recortes de pessoas podem ser colados em papel cartão ou pequenas bonequinhas para representar pessoas, enfim, vale a sua criatividade na hora de montar a sua maquete.

Na construção das maquetes quanto maior a disponibilidade e variedade do material mais rica as representações, e para uma boa maquete além de respeitar a proporcionalidade no tamanho de todos os elementos é preciso ter um projeto definido antes. Depois é só ir experimentando e a cada nova experiência com certeza o trabalho ficará melhor e você vai descobrir opções cada vez mais criativas, aperfeiçoando e se apaixonando pela arte de fazer maquetes.

 

Você gostou deste post?

Leia também: